A Casa do Ouvidor

Localização: Ilha do Pico - Portugal [Mapa]

Cliente: A Casa do Ouvidor - Soc De Emp. Turismo em Espaço Rural Lda

Data do Projecto: 2007

Data da Construção: 2010

Engenharia: António Carvalho Chaves

Programa: Turismo Rural

Website:

Endereço: São Miguel Arcanjo - São Roque - Ilha do Pico

Descrição:
Dado o estado de degradação evidente do conjunto, desmontou-se a construção, numerando as pedras para uma posterior montagem. No piso inferior restaram as paredes que suportam as terras, tendo-se procedido à sua consolidação através da pregagem de uma malha de aço e à execução de uma parede de betão com 15cm de espessura, que preencheu igualmente os vazios e as juntas das paredes existentes.
No caso das paredes exteriores, as mesmas foram refeitas com idêntica espessura final mas incorporando a parede de betão. Estas duas soluções permitiram que as lajes de piso fossem igualmente em betão, embora com acabamento em soalho de madeira envernizado; no primeiro piso as paredes foram igualmente reconstruídas, mas já não recorrendo a esta segunda pele em betão.
A estrutura de cobertura foi executada em madeira, no sistema tradicional e aparente, embora pintada.

Uma grande habitação rebocada com vastas faixas de cantaria em três faces e em alvenaria irregular aparente nas restantes cinco; uma atafona com todas as faces também alvenaria irregular. Esta era a imagem que chegou até nós.
Baseado nesta informação e na observação de outras casas de influência erudita (nomeadamente junto ao mar na Área de Paisagem Protegida da Cultura da Vinha da Ilha do Pico) manteve-se esta dualidade nos corpos antigos, já que a construção nova teria sempre de ser rebocada; para a atafona, a dualidade surgiu com a ampliação, já que a existente manteve-se em alvenaria irregular de basalto aparente. Para a totalidade da caixilharia optou-se pela madeira pintada, nas cores e funcionalidades tradicionais.
Pátios para obter iluminação e ventilação, áreas para cozinhas ou quartos, recuo da construção para preservação da figueira, são intervenções de perceção fácil, já que claramente apostam numa linguagem contemporânea, mas suscetível de integração. Também na cobertura se evidencia a construção nova, já que a mesma, embora em telhado de telha canudo e em duas águas, é autónoma.
Nuno Ribeiro Lopes
Architects
Arquitectos