(Foyer)
Capelinhos, Centro de Interpretação do Vulcão

Cinquenta anos e sete metros de altura separam os níveis altimétricos da chegada ao complexo do farol. Entre a cota primitiva e a cota do cul-de-sac construído após a erupção, desenhou-se o novo foyer. Este local, outrora de chegada, é agora o início desta viagem que deambula pelas cinzas, toca nos edifícios primitivos, desce até à cota do farol e nos liberta em frente ao mar e ao vulcão adormecido.

(Alçado principal)
Mercado Municipal de Vendas Novas

De forma a subverter o conceito de frente e traseira, o novo mercado organiza-se em forma de U, criando um pátio interior e acessibilidades em todas as suas faces.

(Casa de chá)
Casa da Montanha do Pico

A meia altura da Montanha, oculta pelas nuvens, onde acabam os últimos vestígios da nossa civilização e impera a natureza, começa o caminhante o seu desafio à resistência e coragem.

()
Aquário Virtual

Edifício quase completamente fechado, tenta construir um ambiente adequado ao visionamento do fundo do mar, pela forma circular dos ecrãs e pela envolvente em armários, aquários ou ecrãs num total de cor azul.

(Detalhe)
Cancela do Porco

Abertas a São Jorge e virados para a montanha do Pico, as pequenas unidades residenciais relacionam-se diferentemente com o exterior através de áreas privadas ou semi-privadas, relvadas ou pavimentadas, todas elas delimitadas por muros de pedra, que escondem ou conduzem o olhar para visões parcelares de proximidade ou globais no horizonte.

()
Bar AAC

Desenho contido, com uma forma geométrica regular e de utilização discreta de materiais, em todas as superfícies arquitectónicas: sob madeira e vidro, estruturas metálicas e divisórias ligeiras.

(Passadeira panorâmica)
Centro de Visitantes da Furna do Enxofre

Alinhado pelas crateras, construído sobre a plataforma de recepção, suspenso sobre a linha de água e o rasgo na superfície, o edifício surge naturalmente visível, transparente e presencial, não impositivo.

()
Habitação - Vilar

A intervenção proposta reaproveita a estrutura de alvenaria existente e refaz os elementos de madeira, redesenhando-os, caso das asnas e forma da cobertura e caixilharias, ou introduzindo soluções mistas, caso dos pavimentos em madeira sobre estrutura metálica.

()
Colégio de Jesus

Uma pequena grande intervenção que demonstrou a importância destas acções e da sua necessária continuidade para unir uma comunidade em torno de um projecto maior. Nem tudo tem que ser novo, nem tudo tem que ser modernizado para nos surpreender.

(Detalhe)
A Casa do Ouvidor

Da análise do existente, resultou uma leitura clara da habitação mais erudita em L e uma degradação superior no braço que forma o U e contém o forno. Todo este setor terá correspondido a uma construção posterior e/ou anexa, de inferior qualidade construtiva e, como tal, numa situação de ruína acentuada. Independentemente do valor patrimonial e histórico deste corpo, cremos que na situação do edifício, a proposta de alteração desta estrutura, em nome de uma distribuição funcional mais adequada e uma superior rentabilidade, foi a solução mais correta e que possibilitou a viabilidade da recuperação deste conjunto.

()
Escola de S. Lourenço

Embora a intervenção seja de dimensão substancial na sua globalidade, assume o respeito pela personalidade forte do complexo escolar, pelo que não impedindo a assumpção da contemporaneidade, contudo, não a exalta.

()
Estação Central de Camionagem de Estremoz

O edifício é projetado sobre o eixo longitudinal, organizando serviços de apoio aos operadores/gestão e manutenção da estação no topo noroeste; as bilheteiras, receção, despacho e depósitos de bagagens e mercadorias implantam-se entre aquela área e área de público; finalmente, as instalações sanitárias do público e o bar/café implantam-se no topo sudeste aberto sobre o espaço público e capacitando a sua ocupação com esplanada.

()
()
()
()
()
()
Habitação Nuno Ribeiro Lopes

Projeto simples, que se desenvolve através da adição de formas geométricas retangulares, proporcionando o aparecimento de vazios delimitados por muros. Este jogo constante de cheios e vazios, de interior e exterior, de luz e sombra, é acentuado pela coloração da/s parede/s onde a luz se projeta e é refletida para o interior, e pelas diferentes funcionalidades dos pátios/espaços.

Nuno Ribeiro Lopes
Architects
Arquitectos